O que é Fragmentação de Habitat?

A fragmentação de habitats, também conhecida como fragmentação de espécies, é um processo pelo qual habitats grandes e contíguos são divididos em pequenas áreas isoladas de habitats. O início desses habitats menores tem um impacto direto sobre todas as espécies, sua estrutura de comunidade e o ecossistema geral desses fragmentos. Há muitas razões diretas, indiretas, naturais e humanas por trás desse fenômeno.

Razões Naturais

Habitats podem ser fragmentados por inúmeras razões naturais. Dentre eles, erupções vulcânicas, incêndios e mudanças no clima são os três principais fatores naturais que levam ao início da fragmentação do habitat.

Razões Humanas

Os seres humanos são diretamente responsáveis ​​pela rápida e rápida fragmentação do habitat. Algumas das maneiras pelas quais os humanos desencadeiam a fragmentação são:

  • Urbanização
  • Desenvolvimento Rural
  • Reivindicando novas terras agrícolas
  • Extração de madeira e corte de florestas
  • Construção de estradas e vias férreas
  • Desenvolvimento de projetos habitacionais
  • Reservatórios de água do edifício

Todos os fatores mencionados acima são amplamente considerados as causas diretas da fragmentação do habitat.

Implementações

A fragmentação do habitat não é apenas responsável pela mudança nas características de um fragmento, mas também causa a extinção de muitas espécies. Para facilitar a compreensão, imagine que você acordou em um domingo e decidiu comprar seus mantimentos semanais no supermercado. No entanto, no seu caminho para o mercado, você descobriu que uma parede foi erguida entre sua casa e supermercado. A construção desta parede afetará você e sua vida completamente. Em seguida, imagine que a mesma coisa aconteceu em muitas áreas de sua cidade, e a população de sua cidade foi dividida em áreas menores e desconectadas - a obstrução tornaria a sobrevivência muito difícil, certo?

Quando um habitat contagioso enfrenta a fragmentação, ele aciona o efeito de borda nesses fragmentos menores e isolados. As bordas desses fragmentos tornam-se menos adequadas para algumas ou muitas espécies e organismos. As bordas de um habitat são geralmente as áreas menos povoadas, e quando esse habitat se divide em muitos fragmentos, elas se tornam áreas desafiadoras e competitivas para seus habitantes. Esse fenômeno também afeta os animais territoriais até o ponto de extinção, à medida que seus territórios diminuem. Com isso, viajar através de um fragmento para outro torna-se perigoso, pois envolve ter que atravessar estradas, ferrovias e até cercas.

Em seguida, a extensa fragmentação de um habitat significa que seus habitantes terão menos recursos. Além disso, os habitantes também terão que lidar com desafios como o aumento da competição e um lugar comparativamente perigoso para se viver. A batalha pela sobrevivência acelera à medida que novas espécies viajam para os fragmentos. Isso resulta na migração ou extinção de muitas espécies, o que afeta ainda mais todo o ecossistema do fragmento.

Vantagens

Embora haja muitas desvantagens na fragmentação de habitats, ela também apresenta algumas vantagens. Primeiro, ele tem o potencial de aumentar a diversidade ao moldar a especiação e a evolução. O isolamento geográfico e reprodutivo desencadeado pela fragmentação leva à especiação alopátrica. Além disso, diversifica paisagens também.

Tudo somado, a fragmentação do habitat tem algumas vantagens a oferecer. No entanto, seus inconvenientes superam seus benefícios.

Recomendado

Fatos interessantes sobre o Luxemburgo
2019
Os 10 rios mais longos da Pensilvânia
2019
Animais das Montanhas do Atlas
2019