O que significam as cores e os símbolos da bandeira da Tanzânia?

A República Unida da Tanzânia (Jamuhuri ya Muungano wa Tanzânia) é o maior país da África Oriental que está localizado ao sul do equador. Tornou-se uma nação soberana em 1964 através da unificação de Tanganica e Zanzibar. O design da bandeira da Tanzânia é uma combinação de cores verdes, pretas, azuis e amarelas colocadas na diagonal. É um símbolo de unidade e soberania nacional representando a união e o uníssono entre o povo Swahili de Zanzibar e Tanganica.

História da Bandeira da Tanzânia

Enquanto parte do Sultanato de Omã, o Sultanato de Zanzibar era representado por uma bandeira vermelha plana. No entanto, a exploração alemã e a invasão da costa da África Oriental acabaram por anexar Tanganica e Zanzibar, combinando-os com o Burundi e o Ruanda para criar a África Oriental Alemã. Em 1891, a África Oriental Alemã adotou uma bandeira branca com uma cruz preta atravessando a parte central e uma porção vermelha na parte superior esquerda com estrelas de cinco pontas. Após o colapso do domínio alemão em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, a Grã-Bretanha assumiu o controle de Tanganica e uma bandeira britânica Red Ensign com um círculo branco com uma girafa foi adotada. Esta bandeira foi usada até 1961, quando a União Nacional Africana Tanganyika, cuja bandeira era uma combinação horizontal de faixas verdes e pretas, lutou contra o domínio britânico e Tanganica tornou-se um estado soberano. Ao conquistar sua independência, o novo Estado soberano adotou uma bandeira com listras verdes, pretas e amarelas.

Depois de obter a independência da Grã-Bretanha em 1963, Zanzibar adotou uma nova bandeira. Introduzido em 1964, a nova bandeira foi baseada no campo vermelho liso usado pelo Sultanato de Zanzibar, mas incluiu a adição de um círculo verde e dois cravos amarelos. Durante este período, Zanzibar tornou-se conhecida como a República Popular de Zanzibar e Pemba, uma nova bandeira com tricolores horizontais preto-amarelo-azul, foi brevemente adotada, mas abandonada duas semanas depois em favor de uma bandeira tricolor horizontal azul-preto-verde. Em abril de 1964, Tanganica e Zanzibar se uniram, fundindo suas tradições de bandeiras para criar uma nova bandeira nacional para a recém-formada República Unida da Tanzânia. A bandeira final incorporou um bicolor verde e azul com uma barra preta diagonal com uma borda amarela, aparecendo diagonalmente para distinção.

Simbolismo da bandeira da Tanzânia

As cores e símbolos da bandeira da Tanzânia têm significados políticos, regionais e culturais. A cor verde simboliza as ricas terras agrícolas e a vegetação natural do país. Na Tanzânia, o verde é também um símbolo de paz e unidade, e a sua incorporação na bandeira é um lembrete para os tanzanianos da necessidade de aumentar a sua economia através da agricultura e preservar as suas florestas, mantendo a paz. A cor preta é um símbolo do povo negro de suaíli, que representa a maioria da população nativa do país. A cor significa a unidade do povo Swahili nativo através de sua cor de pele, lembrando-lhes que eles não devem ser discriminados com base em sua aparência. As finas listras amarelas representam os ricos recursos minerais do país, enquanto o azul simboliza o Oceano Índico e outros recursos hídricos, como lagos e rios, que fluem pela Tanzânia.

Recomendado

Grupos étnicos do Quirguizistão
2019
O que é a cultura de Singapura?
2019
Quais são os efeitos do envenenamento por mercúrio?
2019