Quais são os diferentes tipos de práticas agrícolas sustentáveis?

Globalmente, a agricultura está tendo sucesso na produção, mas falhando miseravelmente na sustentabilidade. Nossas fazendas e fazendas produzem grandes quantidades de combustível, alimentos e fibras, mas todo esse sucesso vem às custas da saúde pública, do meio ambiente e da produtividade a longo prazo. Os sistemas tradicionais de agricultura industrial provocaram muitos problemas. Práticas agrícolas como o plantio frequente e a monocultura degradam a saúde do solo, o uso excessivo de herbicida criou uma epidemia de ervas daninhas e o escoamento de fertilizantes produz zonas mortas aquáticas.

Nossos sistemas de produção de alimentos são insustentáveis, mas a boa notícia é que um número cada vez maior de agricultores e cientistas inovadores está adotando novos sistemas agrícolas que são sustentáveis ​​social, econômica e ambientalmente. Os sistemas agrícolas sustentáveis ​​são perfeitos para todas as fazendas e produzem diferentes tipos de combustíveis, alimentos e fibras. O sistema de agricultura sustentável utiliza práticas inovadoras baseadas na ciência para maximizar a produtividade e reduzir a destruição ambiental.

O que é agricultura sustentável?

Agricultura sustentável significa agricultura usando métodos sustentáveis ​​baseados em sua compreensão do ecossistema. O principal objetivo deste tipo de agricultura é atender às nossas necessidades têxteis e alimentares sem comprometer a capacidade da geração futura de atender às suas necessidades. Uma agricultura sustentável se concentra em promover a economia através do aumento da produtividade, protegendo o meio ambiente. Deve lidar de forma justa com todos os trabalhadores enquanto promove uma relação mutuamente benéfica entre os vizinhos.

O que é sustentabilidade ambiental?

Sustentabilidade ambiental significa fornecer sistemas naturais confiáveis ​​que a fazenda precisa para aumentar a produção ao longo do ano, como promover a biodiversidade, minimizar a poluição, gerenciar a água e construir e manter um solo saudável. Com os sistemas agroecológicos, a sustentabilidade ambiental e o aumento da produtividade são possíveis.

O que é agroecologia?

A agroecologia é a ciência de administrar nossas fazendas como um ecossistema. Por não trabalhar contra a natureza, os agricultores que gerenciam suas fazendas usando vários princípios agroecológicos podem proteger o ecossistema sem reduzir a lucratividade.

Quais são as diferentes práticas de agricultura sustentável?

1) culturas rotativas

A monocultura, uma prática difundida em muitos países em desenvolvimento, é a principal causa do aumento de plantas daninhas e solo pobre, o que resulta na diminuição da produtividade. Plantar diferentes variedades de culturas pode ser bastante benéfico para a sua fazenda. Culturas rotativas ajudam a melhorar o controle de pragas e ervas daninhas, e o solo mais saudável. Algumas das práticas de diversidade de culturas que você pode adotar incluem a rotação de culturas plurianuais complexas e o intercultivo (plantio de diferentes tipos de culturas na mesma fazenda).

2) Abraçando a Diversidade

Embora o plantio de numerosas espécies de plantas seja um ótimo método de agricultura sustentável, não é uma opção para os agricultores comerciais com um mercado para culturas específicas. Portanto, em vez de substituir sua principal cultura, um agricultor pode plantar diversas variedades da mesma planta. A agricultura de diferentes variedades torna a sua cultura mais forte, uma vez que é geneticamente distinta. A diversidade de culturas protege as culturas contra pragas e doenças que favorecem uma variedade de culturas específica.

3) plantio de culturas de cobertura

Plantar culturas de cobertura como ervilhaca peluda ou trevos durante os períodos de entressafra, quando a fazenda é deixada nua, pode ser benéfica. As culturas de cobertura constroem e protegem a saúde do solo, repondo os nutrientes do solo, evitando a erosão do solo e também dificultando o crescimento de ervas daninhas, o que reduz a necessidade de herbicidas no futuro.

4) Eliminando ou reduzindo a lavoura

Embora os métodos tradicionais de aragem previnam problemas de ervas daninhas e também ajudem a preparar a fazenda para o plantio, a aragem causa a perda de solo. Portanto, em vez de arar a sua fazenda antes de plantar, você pode usar métodos de agricultura de plantio direto ou plantio direto. Ao inserir todas as sementes diretamente na fazenda, você pode melhorar a qualidade do solo, evitando a erosão do solo.

5) Appling Métodos Integrados de Manejo de Pragas

Embora os pesticidas ajudem no manejo de pragas e melhorem a produção agrícola, o uso excessivo de um pesticida específico resulta em uma espécie de praga resistente a pragas. Portanto, você pode empregar o uso de numerosos métodos biológicos e mecânicos de controle de pragas enquanto reduz o uso de pesticidas. Plantas diferentes atraem uma grande variedade de pragas e pássaros entre outras criaturas; alguns desses pequenos animais podem ser anteriores aos que destroem as colheitas. Um fazendeiro pode liberar um grupo de inúmeros insetos benéficos como crisopídeos e joaninhas na fazenda para ajudar a controlar as pragas. Plantar árvores ao redor da fazenda atrairá pássaros que nidificarão e até se alimentarão dos insetos, controlando assim a população de insetos.

6) Integração das culturas e pecuária

A agricultura industrial mantém a produção de animais e plantas separada com o gado pastando longe da fazenda e as colheitas longe do esterco. Apesar de manter os animais longe das plantações pode proteger as culturas de serem consumidas pelos animais, as evidências mostram que a integração inteligente da produção de gado e culturas pode ser uma receita perfeita para uma fazenda mais eficiente e rentável. O pastoreio controlado também pode ser uma ótima maneira de rotação de culturas. Em vez de culturas alternadas, você pode permitir que o seu gado pastoreie em diferentes pastagens em sua fazenda, para que os animais possam consumir plantas diferentes. O pastoreio administrado fornecerá ao seu gado uma grande variedade de nutrientes. Mover o gado também é perfeito para o solo, pois a queda excessiva do pé ajudará a compactar o solo, evitando a erosão do solo, enquanto o esterco deixado para trás ajudará a fertilizar a fazenda.

7) Adotar práticas agroflorestais

Adição de arbustos de árvores na fazenda pode ajudar a fornecer abrigo e sombra para as plantas, recursos hídricos e animais. Árvores e arbustos podem ajudar a prevenir a erosão do solo enquanto potencialmente dão ao agricultor uma renda adicional. Plantar árvores ao redor de sua fonte de água pode ajudar a evitar a perda de água através da evaporação durante as estações secas.

8) Gerenciando Paisagens e Sistemas Inteiros

A agricultura sustentável trata os menos intensamente cultivados e a área não cultivada como parte da fazenda. O papel desempenhado pelas áreas não cultivadas, na redução do escoamento de nutrientes, no controle da erosão do solo e no apoio aos polinizadores, entre outras diversidades, é valorizado. Portanto, certifique-se de que você atende a essa área da mesma maneira que cuidaria da sua fazenda.

Benefícios da Agricultura Sustentável

Tanto quanto nós queremos maximizar os lucros de nossas fazendas; a exploração excessiva do farm pode afetar sua produção no futuro. Portanto, investir em métodos agrícolas sustentáveis ​​pode ajudá-lo a aumentar sua produtividade sem explorar excessivamente a fazenda. A agricultura sustentável visa fornecer alimentos para a geração atual, assegurando ao mesmo tempo que a futura geração desfrutará dos mesmos benefícios do meio ambiente.

Recomendado

Grupos étnicos do Quirguizistão
2019
O que é a cultura de Singapura?
2019
Quais são os efeitos do envenenamento por mercúrio?
2019