Qual é a capital do Camboja?

Phnom Penh é a capital do Camboja, um país do sudeste da península da Indochina. Phnom Penh está localizada na confluência dos rios Mekong, Bassac e Tonlé Sap. Phnom Penh cobre uma área de 262 milhas quadradas e é composta de 12 divisões administrativas, referidas como Khans. O município tem uma população de mais de 2 milhões de pessoas, tornando-se a cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores do município são cambojanos (cerca de 90%), enquanto chineses e vietnamitas são minoritários. A cidade desempenha um papel significativo no Camboja, proporcionando oportunidades econômicas, sociais, religiosas e políticas a vários grupos.

História da capital do Camboja

Phnom Penh é uma antiga cidade fundada em 1372. Segundo a lenda, uma velha e aderente do budismo estabeleceu a cidade. A cidade serviu como a capital do reino entre 1432 e 1505, após o que foi abandonada por mais de três séculos. O rei Norodom restabeleceu a cidade como a capital do reino, bem como a residência real. Durante o reinado dos franceses no século 19, a cidade cresceu tremendamente para se tornar uma das cidades importantes da Ásia. A cidade continuou esse crescimento até o século 20, quando o crescimento declinou durante a guerra vietnamita.

Significado tradicional e moderno de Phnom Penh

Quando foi estabelecida, a cidade desempenhou um papel importante na religião budista, com a colina Phnom servindo como um santuário para as relíquias budistas encontradas pela velha mulher flutuando na água. Mais tarde, a cidade serviu como um importante centro político e administrativo, com vários governos estabelecendo seus escritórios lá. Nos séculos seguintes, a cidade se transformou em um importante centro comercial e residencial. Phnom Penh é atualmente uma importante região econômica do Camboja devido à sua grande contribuição para a economia cambojana. A cidade oferece oportunidades de emprego para uma grande população de pequenas e médias empresas, bem como para as crescentes indústrias imobiliária e turística.

Infraestrutura de Phnom Penh

O primeiro desenvolvimento infra-estrutural no município ocorreu no século XIX sob o domínio francês. Durante este período, escolas, estradas, hotéis, unidades residenciais e outras amenidades sociais foram construídos, convertendo a pequena aldeia em uma grande cidade moderna. O crescimento da infra-estrutura continuou durante os séculos XX e XXI, com a cidade hospedando atualmente alguns marcos importantes, como a Torre da Capital Vattanac. No entanto, este desenvolvimento infra-estrutural levou a sistemas de drenagem inadequados e insuficientes, resultando em inundações durante a estação chuvosa.

Turismo em Phnom Penh

Phnom Penh é um dos principais destinos turísticos do Camboja. O turismo na cidade contribui com cerca de 17% do PIB nacional e emprega cerca de 14% da população. A cidade oferece uma mistura do natural, do antigo e do novo, com suas vistas e paradas exclusivas. Algumas das características únicas que atraem turistas para a cidade incluem a rica arquitetura da era colonial francesa, a vibrante arquitetura pós-independência do Novo Khmer, a atração histórica dos museus e a cultura única, que inclui aspectos como festivais. As atracções turísticas da cidade incluem o Museu Nacional, o Palácio Real, o Museu do Genocídio Tuol Sleng, o Monumento da Independência, o mercado russo e o Pagode de Prata.

Recomendado

Quando Mamutes Woolly foram extintos?
2019
Estradas de gelo ao redor do mundo
2019
As empresas mais rentáveis ​​da Coreia do Sul
2019