Que tipo de governo a Costa Rica tem?

O governo da Costa Rica opera como uma democracia representativa presidencial, o que significa que o país é liderado por políticos que são eleitos para representar os interesses da população em geral. Esses políticos também podem pertencer a vários partidos políticos, que podem trabalhar separadamente para alcançar seus objetivos políticos ou formar blocos de coalizões. A Constituição da Costa Rica, oficialmente aprovada em 1949, estabelece poderes executivos, legislativos e judiciais para levar a cabo as responsabilidades do governo. Este artigo dá uma olhada mais detalhada em cada um deles.

Poder Executivo do Governo

O poder executivo é liderado pelo presidente da Costa Rica, eleito pela população em geral para um mandato de 4 anos. O presidente pode não cumprir mandatos consecutivos e, de acordo com a emenda constitucional de 2005, deve esperar oito anos antes de concorrer novamente para a eleição. A pessoa nesta posição atua como chefe de Estado e chefe de governo, com a ajuda de dois vice-presidentes. Os vice-presidentes correm na mesma cédula com o presidente e são membros do mesmo partido político.

O presidente é responsável pela nomeação de ministros para servir no Conselho de Ministros e por fornecer ao órgão legislativo uma apresentação todos os anos sobre as questões mais importantes a serem tratadas em relação ao governo e ao país. Além disso, o presidente tem poder de veto sobre projetos de lei, com exceção do orçamento anual.

Poder Legislativo do Governo

O ramo legislativo do governo é composto pela assembléia legislativa, um corpo unicameral. A assembléia legislativa é composta por 57 membros, chamados deputados. Esses deputados são eleitos pela população em geral com base na representação proporcional, o que significa que o número de cadeiras ocupadas por determinados partidos políticos é representativo da quantidade de apoio público que cada um tem. Na Costa Rica, essas eleições são realizadas em cada uma das sete províncias. Deputados legislativos servem por um mandato de 4 anos e podem concorrer à eleição novamente depois de tirar um termo completo.

Este ramo é responsável por aprovar legislação para determinar as ações e a direção do poder executivo. Como tal, o Conselho de Ministros deve executar as leis aprovadas pela assembleia legislativa. As contas aprovadas por este corpo legislativo vão para o presidente para ser assinado em lei.

Poder Judiciário do Governo

O poder judiciário da Costa Rica opera independentemente dos poderes executivo e legislativo. É dividido em uma hierarquia de tribunais, incluindo tribunais trabalhistas, tribunais de primeira instância, tribunal de cassação, cortes de apelação e suprema corte. A suprema corte de justiça serve como a mais alta corte e é administrada por 25 magistrados substitutos e 12 magistrados proprietários.

Os 12 juízes proprietários são nomeados pela assembléia legislativa para servir um mandato de 8 anos, que é automaticamente renovado por mais 8 anos, a menos que o corpo legislativo decida de outra forma. Os 25 juízes substitutos também são escolhidos pela assembléia legislativa, de uma lista de 50 candidatos fornecida pelos juízes da suprema corte. Os juízes titulares são divididos nos seguintes departamentos: três Câmaras de Anulação (5 juízes cada) e a Sala Constitucional (7 juízes). Esses juízes nomeiam magistrados para os tribunais inferiores do país. Além disso, eles têm o poder de decidir se as ações e decisões legislativas e executivas são constitucionais ou não.

Recomendado

Quando Mamutes Woolly foram extintos?
2019
Estradas de gelo ao redor do mundo
2019
As empresas mais rentáveis ​​da Coreia do Sul
2019